Cinco calçados que estão com tudo no inverno

Saiba quais são as tendências que vêm fazendo a cabeça – e os pés – femininos na estação fria.

Para que um acessório combine com quem o escolhe, não basta apenas que ele esteja no centro dos holofotes da moda – é necessário, também, que combine com o estilo e a personalidade de quem o compra.

Confira cinco calçados que estarão com tudo no inverno de 2018, veja qual tem mais “a sua cara” e invista no poder de uma boa tendência aliada ao gosto pessoal.

1) Tênis skatista

Apreciado tanto por esportistas quanto por quem se identifica com o estilo, os tênis dessa categoria possuem um solado mais resistente, próprio para a lixa do skate. Nunca sai de moda e tem seu lugar garantido entre os hits do inverno 2018.

2) Sapato sem cadarço

A moda abraçou com força o estilo casual. Os calçados sem cadarço estão nessa toada, porque são práticos e simples. É só colocar no pé e sair andando, sem a necessidade de amarrar nada. Os mais comuns são os mocassins, originalmente desenvolvidos por populações indígenas da América do Norte.

3) Skinny boots ou sock boots

Essas botas possuem um tecido mais elástico e ficam coladas ao corpo, como uma meia. É uma das grandes tendências de calçado para as mulheres em 2018 por ser diferente de modelos mais tradicionais. Faz um bom contraponto quando é utilizada com saias mídi e calças jeans.

4) Botas vermelhas

As botas vermelhas vêm com força nesse inverno como forma de destaque para imprimir um estilo mais cool e até mesmo sexy. Independentemente do estilo – skinny boots, open boots, botas over-the-knee, entre outras -, é certo que a cor vai fazer muito sucesso nesta estação do ano.

5) Coturno

Antigamente, o coturno era utilizado apenas por homens em excursões militares. Depois, passou a fazer parte também da moda, inclusive da feminina. Esse calçado é confortável e versátil, não se limitando ao estilo militar. Pode ser usado com diversos looks, como uma calça mais justa para deixar a bota em evidência, com roupas estampadas no estilo rock’n’roll, com vestidos e até mesmo para agregar a um estilo mais sério e de trabalho.

 

Fonte/Crédito: Primeira Página, com matéria publicada no portal Agora Vale

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*