Dia Mundial da Saúde Ocular chama a atenção para os cuidados com a visão

Segundo a médica oftalmologista do Centro Médico RibeirãoShopping, Daniela Felipe, as consultas, que devem ser anuais, permitem detectar doenças precocemente.

A visão é um dos sentidos mais importantes do homem, por isso merece atenção e cuidados especiais. A semana em que se comemora o Dia Mundial da Saúde Ocular, 10 de julho, é marcada para conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com os olhos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 50% da população mundial apresentam algum tipo de problema visual.

A médica oftalmologista do Centro Médico RibeirãoShopping, chefe da residência médica da Santa Casa de Ribeirão Preto e médica do setor de urgência do Hospital das Clínicas, Unidade de Emergência, de Ribeirão Preto, Daniela Felipe, explica que muitos dos problemas de visão podem ser evitados com bons hábitos.

“Ter cuidado com o sol, usar óculos de proteção solar com filtros ultravioleta, evitar colocar as mãos e coçar a região dos olhos, evitar o uso de colírios sem prescrição médica, conhecer o histórico familiar referente a doenças oftalmológicas, levar os filhos para consulta oftalmológica antes da entrada escolar, não usar lentes de contato sem supervisão médica e realizar consultas no oftalmologista anualmente são algumas dicas simples, mas que podem evitar futuras doenças de visão”, destaca. Em casos de baixa visão súbita, desvio ocular, vermelhidão e dor deve-se procurar imediatamente o serviço médico oftalmológico.

Além disso, os olhos também precisam de atenção durante o inverno e o tempo seco. “A dica é manter-se hidratado e quando tiver sintomas oculares, como ardência e vermelhidão, procurar o oftalmologista para prescrever um lubrificante”, acrescenta Dra. Daniela Felipe.

Outro cuidado é com o uso de dispositivos eletrônicos, que emitem uma radiação nociva à saúde ocular. Quanto maior a exposição às telas digitais, maior a probabilidade do surgimento de problemas na visão. Vale lembrar também da importância de não esperar que os sintomas apareçam para procurar um oftalmologista.

 

Foto: Ilustrativa/Divulgação

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*