Café! Vem aí o 3º Fórum de Qualidade da Região da Alta Mogiana 2017

cafe

Para esta edição, a AMSC (Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana) traz um tema relevante para o debate: a Evolução dos Sistemas de Secagem – etapa importante da pós-colheita e fundamental para a obtenção de cafés especiais. O evento, com o apoio da Cocapec, Pinhalense e Macieski, acontece no dia 23 de março, às 7h30, no Hotel Dan Inn, em Franca, SP e é aberto ao público, em geral.

O Fórum de Qualidade da Região da Alta Mogiana, criado em 2015 pela Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana, tem como objetivo trazer informação, compartilhar conhecimento e promover debates entre especialistas em café e cafeicultores da Região da Alta Mogiana.

Os temas abordados no fórum buscam apoiar o desenvolvimento da cafeicultura da Região da Alta Mogiana e trazer embasamento técnico-científico voltado para a melhoria contínua da qualidade dos grãos e inovação nos processos produtivos e de gestão.

Para 2017, o mote será a Evolução dos Sistemas de Secagem – etapa importante da pós-colheita e fundamental para a obtenção de cafés especiais. Como estão surgindo novos equipamentos no mercado e novas técnicas de manejo no pós-colheita com o objetivo de produzir cafés de melhor qualidade, a AMSC resolveu trazer este tema importante para debater junto aos seus produtores.

Em 2016, o Fórum contou com a participação de mais de 140 produtores, o dobro do número de participantes do seu ano de lançamento. Para 2017, a expectativa é chegar a 200.

Sobre a Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana

A AMSC é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2005, por um grupo de cafeicultores, com a missão de valorizar e promover o café da Região da Alta Mogiana, criando um senso de referência por meio do conceito de origem, que leve os consumidores a associarem origem, produto e qualidade. Sua visão consiste em promover os cafeicultores e os cafés especiais da Alta Mogiana, oferecendo aos associados oportunidades de crescimento e desenvolvimento através de educação, treinamento e acesso a novos canais de comercialização. Hoje, a AMSC conta com 80 associados diretos, mais de 2,2 mil produtores abrangidos com acesso ao Selo de Origem e Qualidade. Além de realizar anualmente o Fórum de Qualidade da Região da Alta Mogiana, em sua 3ª edição, também é responsável pelo Concurso de Qualidade do Café da Região da Alta Mogiana, que terá sua 15ª edição em 2017. A AMSC já foi sede do Cup of Excellence Naturals, em 2015, e tem o Reconhecimento do Arranjo Produtivo Local de cafés especiais atestado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação do Estado de SP.

Sobre o selo de Indicação Geográfica

O IG é um selo que identifica e protege os cafés da Alta Mogiana, por suas características únicas, preservando sua cultura, sua história e sua gente. Tem como objetivo diferenciar um produto e seu produtor, apontando sua origem geográfica e suas condições de produção.

Região da Alta Mogiana: Vivencie a inspiração pelo café

Cravada numa área de 100 mil hectares de café, a Região da Alta Mogiana abrange 15 municípios paulistas e 8 municípios mineiros e conta com, aproximadamente, 5 mil cafeicultores que produzem em média 2,5 milhões de sacas de 60 kg/aa. Mais que produzir grãos de qualidade, seus produtores buscam a excelência, do plantio à prateleira. Para tal, cultivam parcerias autênticas, que promovem uma evolução contínua e responsável da Região e dos produtores. O intuito é, através do café, inspirar as pessoas a construírem um futuro melhor.

Serviço:

3º Fórum de Qualidade da Região da Alta Mogiana 2017
Tema: Evolução de Sistemas de Secagem
Data: 23 de março de 2017
Hora: das 7h30 às 12h
Local: Hotel Dan Inn
Endereço: R. Alfredo Tosi, 1088 – Núcleo Agricola Alpha, Franca – SP
Público alvo: Cafeicultores da Região da Alta Mogiana
Público estimado: 200 participantes
Apoio: Cocapec, Pinhalense e Macieski

Forum

 

Foto: Reprodução/Ilustrativa

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*