Fábio Meirelles e Maria Tereza, criadora de gado gir, são homenageados em Franca

evento-cavalhadas-da-franca_5

Em solenidade realizada na manhã de sábado, 16, no Auditório do Parque de Exposições “Fernando Costa”, o presidente da Faesp (Federação da Agricultura do Estado de São Paulo) e do Senar/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Fábio de Salles Meirelles, e a pecuarista francana Maria Tereza Lemos Costa Calil, criadora de gado Gir leiteiro em Franca, foram homenageados. A iniciativa é do Clube das Cavalhadas da Franca, Sindicato Rural da cidade e Prefeitura Municipal, em reconhecimento à atuação dos homenageados para a implantação e manutenção da pecuária, com destaque para a criação da raça Gir na região, tida como “Berço do Gado Gir”.

evento-cavalhadas-da-franca_1

A homenagem foi prestigiada por autoridades políticas de Franca e região, familiares e imprensa. O ex-deputado federal Fábio Meirelles fez um discurso bem-humorado e aproveitou para relembrar histórias vividas em Franca. “Essa reunião é histórica, importante e eterna. Não estou recebendo uma homenagem hoje, estou recebendo conhecimento, em um momento extraordinário, de estar junto de todos”, disse ele, que esteve no evento acompanhado da esposa, Ivelle Lacerda Meirelles.

À Frente da Faesp desde 1975 e engajado nas causas ligadas à agricultura há mais de 60 anos, Fábio Meirelles aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância da região de Franca para o agronegócio e o empenho da Federação e Senar com projetos para fomentar e fortalecer o setor no país. “Temos que reconhecer a grande força da agricultura e toda a região da Mogiana é uma área agrícola. As terras daqui que eram improdutivas, hoje são todas produtivas”, afirmou, destacando ainda estatísticas da Faesp. “Implantamos 237 sindicatos rurais no Estado e levamos o trabalho do Senar, de aprimoramento da mão de obra no campo e benefícios sociais, para outros Estados, como modelo do que fazemos”.

evento-cavalhadas-da-franca_2

A pecuarista Maria Tereza Lemos Costa Calil, da marca Tóla, reconhecida nacionalmente como uma das principais da raça de gado Gir leiteiro, também foi homenageada por seu desempenho neste segmento. Há mais de dez anos, ela tem criação na Fazenda Paraíso, em Franca, e coleciona recordes de produção de leite. Maria Tereza é dona da Bandeira, vaca tri-recordista mundial, e da Helga, que bateu novo recorde neste ano, com a marca de 78,370 kg de leite/dia, na ExpoGil (Exposição Nacional de Gir Leiteiro), realizada em setembro na cidade de Uberaba (MG). “A Helga ficava no pasto, eu achei que ela era boa e a levei para a competição. Ela acabou como recordista. Os outros criadores, reconhecidos nacionalmente, me perguntaram como eu consegui esse resultado. Eu acho que é muito amor, carinho, cuidado e tradição na criação desses animais”, afirmou, emocionada. “Vocês não imaginam a emoção que estou sentindo com essa homenagem porque tem muita história, amor e trabalho envolvidos”, disse ela, ao relembrar uma dessas histórias. Ela revelou que seus avós maternos, Theodora Jacintho da Silva e Honório Coelho Lemos, se conheceram durante uma Cavalhada realizada em Passos (MG). “Somos frutos das Cavalhadas, nelas estão nossas raízes. Estou muito emocionada mesmo”.

evento-cavalhadas-da-franca_4

Os sobrinhos dela, os irmãos Pedro, Otávio, Mariana e Sofia, correm as Cavalhadas da Franca e assumiram papéis de protagonistas nas últimas apresentações. Eles foram os mantenas (reis) cristão e mouro e as irmãs, as princesas. Ontem, eles acompanharam a homenagem à tia.

O presidente do Clube das Cavalhadas da Franca, Marcus Vinícius Palermo Falleiros, destacou o envolvimento de Fábio Meirelles e Maria Tereza com a agropecuária e com as Cavalhadas. “As Cavalhadas da Franca são um marco cultural, sólido e firme da nossa cidade desde 1831. E o agronegócio e o leite do gado Gir estão na base das Cavalhadas. Inúmeros apoiadores eram criadores de Gir ou ainda o são. O doutor Fábio é um incentivador das Cavalhadas. Sem o apoio do senhor, não chegaríamos até aqui. Essa homenagem é também por seu trabalho incansável em defesa do homem do campo do Brasil, do Estado de São Paulo e da Franca”, afirmou Marcus.

evento-cavalhadas-da-franca

O prefeito Gilson de Souza; Flávia Lancha, secretária municipal de Desenvolvimento, e José Henrique Mendonça, presidente do Sindicato Rural de Franca, também marcaram presença no evento. Gilson exaltou, em nome da pecuarista Maria Tereza, a “força das mulheres”, e elogiou a “sabedoria de Fábio Meirelles”. Ao final de seu discurso, propôs a criação de uma Embaixada da Agricultura em Franca, tendo Fábio Meirelles como presidente. Foi aplaudido.

A biografia de Fábio Meirelles, escrita por um de seus filhos, Thyrso Meirelles, terá a renda com as vendas revertida para a Santa Casa e Hospital do Câncer de Franca.

 

 

Fotos: Marcos Limonti/TRIELE
Reportagem: Nelise Luques

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*