Lançamento da Rodada de Negócios Internacionais reúne mais de 150 pessoas

Evento que ocorreu na manhã desta segunda-feira, 25, apresentou formato da Rodada, seus critérios e condições; ação será promovido pela ACIF, Prefeitura Municipal, Investe SP e Sebrae, em março de 2020 – (Fotos: Wilker Maia/Acif)

A ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca), Prefeitura Municipal de Franca, Investe SP e Sebrae apresentaram a mais de 150 empresários o formato, critérios e condições de participação da 1ª Rodada de Negócios Internacionais que acontecerá nos dias 18 e 19 de março de 2020, na cidade de Franca. O lançamento aconteceu na manhã desta segunda-feira, 25, no auditório do Senai, e contou, também, com um painel de discussão ministrado pelo Ibrei (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Relações Empresariais Internacionais) sobre panoramas de mercados asiáticos e da América do Sul.

“A iniciativa de lançar uma Rodada de Negócios Internacionais surtiu um efeito grande, que superou nossas expectativas. Imaginávamos um evento para 90 pessoas e tivemos mais de 150 presenças”, afirmou o presidente da ACIF, Tarciso Bôtto. “Trazer compradores de outros países para gerar negócios com empresas locais é, com certeza, um passo importante para o nosso setor calçadista. Estamos muito confiantes”, completou.

A abertura do evento contou com as presenças do diretor de administração e finanças do Sebrae SP, Guilherme Campos, do secretário de Desenvolvimento de Franca, Anderson Minamihara, e do representante do setor de Desenvolvimento de Negócios e Relações Institucionais e Internacionais da agência Investe SP Thiago Messena. “Nós, do Sebrae, estamos aqui para ajudar e facilitar a vida daquele que empreende. Parabéns a todos vocês que estão aqui e boa sorte com o empreendimento que apresentamos hoje”, disse Campos.

Representante da Prefeitura, o secretário Minamihara falou sobre os investimentos que o Município tem feito em prol do empreendedorismo e reafirmou a importância da Rodada de Negócios Internacionais, de Franca. “Estamos lançando mais um projeto voltado à exportação e, desta vez, a Prefeitura investirá R$ 100 mil, além de nossa equipe que trabalhará em conjunto na realização do projeto. Tenho certeza de que trará grande avanço para as empresas de nossa cidade.”

Em nome da Investe SP, Messena colocou à disposição da Rodada toda a expertise da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, unidade ligada ao Governo do Estado de São Paulo. “Já atendemos mais de 1,6 mil empresas interessadas em se capacitar para atuar no mercado exterior. Vemos com muito bons olhos essa iniciativa de promover, ainda mais, o setor calçadista de Franca, pois acreditamos que o produtor paulista é capaz de competir em qualquer mercado.”

O evento foi encerrado com um painel de discussão conduzido pelo Ibrei, que apresentou números, rankings, hábitos e tendências de consumo relativos ao setor calçadista na China, Coreia do Sul, Chile, Peru, Paraguai e Estados Unidos. O conteúdo foi ministrado pelos embaixadores do Ibrei Su Jung Ko, Ricardo Feijó e Fábio Frederico.  O Head de projetos do Instituto, Renan Damasceno, foi o responsável por mediar o painel e apresentar o Ibrei.

“O Ibrei nasceu com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios no Brasil e atua em dois pilares: um regulatório, por meio de estudo da legislação com o intuito de facilitar as relações comerciais, e outro baseado na atuação internacional”, disse. O Instituto ainda anunciou a organização de uma missão internacional até a China para empreendedores locais.

A Rodada

Programada para ocorrer de 18 a 20 de março de 2020, no Hotel Dan Inn, a Rodada de Negócios Internacionais reunirá 30 empresas do setor calçadista local e 25 compradores vindos dos Estados Unidos, Colômbia, Chile, Peru e Paraguai. Mesas de negociações serão organizadas conforme os perfis da empresa fabricante e do comprador. Por exemplo: um comprador interessado em negociar calçados no valor de US$ 25 não se sentará com empresas cujos produtos sejam superiores a esta estimativa. Válido ressaltar que quase metade das vagas serão preenchidas por micro e pequenas empresas locais.

“Os compradores virão de seus países com as despesas pagas: passagem aérea internacional de sua origem até São Paulo; Passagem aérea de São Paulo até Ribeirão Preto; Traslado de Ribeirão Preto a Franca; hospedagem, alimentação e guia informativo”, informou a coordenadora do DNI-ACIF, Suyara Águila. “Os importadores chegarão no dia 17 e faremos uma recepção. Já no dia 20, programamos um turismo de negócios para apresentar a cidade e seu potencial.”

As empresas de Franca terão agendadas 10 reuniões com os importadores além de direito a uma área de negociação própria, de 9 metros quadrados, com display para exposição dos produtos identificada com sua própria logo e mesa para atendimento. O móvel de disposição dos produtos será padronizado e as empresas poderão ficar com eles após o evento.

Os participantes terão o apoio do DNI-ACIF antes e durante a Rodada, seja na preparação das empresas para o evento ou na tradução no decorrer das negociações. Uma equipe da área de operações financeiras internacionais do Banco do Brasil estará presente durante o evento que contará, ainda, com o suporte para operações logísticas, despachante aduaneiro e trading parceiros.

Inscrições para a Rodada

Para garantir uma das 30 vagas da Rodada de Negócios Internacionais, o exportador interessado deverá acessar o portal www.francachamber.com.br, ler o regulamento disponível e preencher um com informações sobre o perfil de sua empresa e produto. As cadastradas passarão por um processo de avaliação, conforme o regulamento, e 30 serão selecionadas.

Apoiam a ação o Sindifranca (Sindicato da Indústria de Calçados de Franca), Branco do Brasil, Euromonitor, Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de SP), Ciesp/Franca (Centro das Indústrias do Estado de SP), UPS (United Parcel Service), Ceciex (Conselho Brasileiro das Empresas Comerciais, Importadoras e Exportadoras), Associação Comercial de São Paulo e Ibrei (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Relações Empresariais Internacionais).

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*