Major Olimpio se encontra com lideranças na sede da Acif

Presidente da Acif, Dorival Mourão Filho, ao centro o senador Major Olímpio e, na sequencia, o diretor administrativo da Acif, Tarciso Bôtto – (Foto: Wilker Maia/Acif)

A Acif (Associação do Comércio e Indústria de Franca) recebeu, na tarde de ontem, sexta-feira, 29, o senador Major Olímpio (PSL) em sua sede. Na ocasião, representantes de classe e líderes de entidades como Santa Casa de Franca, Apae e Sindifranca apresentaram demandas em relação à projetos e destinação de verbas. O presidente da Acif, Dorival Mourão Filho deu as boas vindas ao senador. “É um prazer recebe-lo aqui. Sua relação com Franca é conhecida e o que nós pedimos é para que o senhor, de fato, ‘adote’ esta cidade, que tem crescido e ajudado a movimentar o motor econômico do país.”

O primeiro a apresentar um projeto foi Agenor Gado. O presidente da Apae pleiteou a cobertura de uma das áreas da sede da entidade a fim de que a mesma possa ser utilizada como espaço para prática de exercícios físicos até mesmo promoção de eventos. “Temos uma Apae que atende à Franca e outros 11 municípios, o totaliza cerca de mil usuários. Prestamos um serviço de excelência, mas sempre nos falta recursos. Temos um espaço que pode nos ajudar em relação a isso. Ele já está asfaltado, é onde oferecemos práticas de exercícios físicos aos usuários, e, com sua cobertura, ele passaria a atender melhor a demanda já existente  e ainda nos serviria como local de apresentações e eventos para captação de recursos”, afirmou.

Em resposta, o senador acolheu o pedido e se comprometeu a ajudar. “O orçamento em que estão contidas as emendas parlamentares deste ano já foi aprovado. De qualquer maneira, caso haja oportunidade, faremos uma migração de recursos para esta causa. Também podemos verificar com o Osmar Terra (ministro da Cidadania) se é possível um suporte para que vocês iniciem as atividades. Caso contrário, já me comprometo a destinar emenda para o orçamento de 2020.”

O presidente do Sindicato da Indústria de Calçados de Franca, José Carlos Brigagão do Couto também usou a palavra para falar sobre a NR-12, normativa que dispõe sobre a fiscalização de maquinários da indústria. “A crise não deu trégua e o investimento para cumprir toda a normativa é muito grande. O que nós pedimos é que o Ministério do Trabalho espere mais um pouco, pelo menos até o fim do ano, para que as adequações sejam feitas.” Além desta questão, auxílio no combate à pirataria de calçados também foi pedido.

Último a falar, o diretor administrativo da Acif, Tarciso Bôtto, solicitou uma interseção junto ao Governo do Estado para que a rede de reabilitação Lucy Montoro seja instalada em Franca. A luta é encampada há alguns anos por entidades e tem o apoio da presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, que teria, inclusive, encomendado um estudo de viabilidade para Franca. Outro tema exposto foi a falta de incentivo ao crédito ao micro e pequeno empresário. “Ainda estamos em desaceleração e precisamos retomar a economia e, quando se fala de microcrédito, percebemos que não há juros que possam ser subsidiados em favor do comércio e indústria, como os que existem para o agronegócio.”

“Sou membro da Comissão de Assuntos Econômicos e eu preciso deste tipo de bandeira. A oportunidade que temos, muitas vezes, é de colocar o tema em evidência. Muitos podem pensar: mas é claro que o governo já sabe disso. Mas, quando o óbvio começa a ser discutido, geramos mudança”, encerrou o senador.

Antes de se dirigir à Acif, Major Olímpio visitou a Santa Casa e discutiu demandas da entidade.


(Foto: Wilker Maia/Acif)

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*