Procon/Franca vai as ruas para inibir abusos

O Procon/Franca, contando com o apoio núcleo regional do órgão em Ribeirão Preto, iniciou ontem, quinta-feira, um trabalho estratégico de diligências externas, com foco especialmente nas farmácias, no sentido de inibir práticas abusivas de preços nesse período de crise, particularmente na comercialização do álcool em gel e máscaras. Essa providência foi planejada a partir do volume alto de reclamações recebidas no órgão de defesa do consumidor nesses últimos dias, depois que foi decretada situação de emergência pública na cidade com o fechamento de boa parte dos estabelecimentos de comércio e indústrias.

O diretor da unidade, Luiz Antônio Murari, observou que o trabalho começou nesta quinta-feira pouco antes das 11 h, com o auxílio de 5 agentes vindos da regional de Ribeirão Preto, onde primeiramente nas abordagens, o objetivo era constatar a existência dos produtos e verificar os preços praticados. Havendo a constatação de preços com valores acima do considerado aceitável, levando-se em conta que não existe tabelamento, os responsáveis são orientados e num segundo momento, constatada essa prática reiterada, os estabelecimentos estarão sujeitos a serem autuados na forma da lei.

Nesse primeiro dia ao menos 9 estabelecimentos farmacêuticos foram visitados, sem nenhuma constatação de prática abusiva. Mesma assim segundo Murari, todos saíram orientados a respeito e com mais informações sobre os objetivos da fiscalização. Eles estiveram visitando farmácias nas Avenidas Brasil e Presidente Vargas. O trabalho terá continuidade nesta sexta-feira e nos dias seguintes, abrangendo setores da Estação e naqueles bairros em que estão concentradas a maioria das farmácias.

Foto/Imagem: Ilustrativa/Divulgação

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*