Artigo: Existe apenas uma alma gêmea? – por Vanessa Mazza

Shot of a happy mature couple sitting on a bench in the parkhttp://195.154.178.81/DATA/i_collage/pi/shoots/783418.jpg

O conceito mais básico de alma gêmea afirma que quando cada alma foi criada, uma cópia de si fora gerada ao mesmo tempo, de modo que nenhum de nós nasceu completo, mas dividido, buscando incessantemente por esta outra metade ao longo de muitas vidas.

A problemática desse conceito é que reforça a ideia de que nós não podemos ser felizes por nós mesmos, nem nos sentirmos plenos sem estar com esta outra pessoa. Logo, nesta situação, estamos condenados, desde nossa criação, a passar a maior parte de nosso tempo em sofrimento, sentindo um vazio existencial. Além disso, mesmo encontrando a dita cuja, criaremos um estado de total dependência dela, de modo que não teremos liberdade individual, já que nos tornaremos únicos apenas na presença dela.

Se formos analisar bem, acreditar nisso nos limita muito. Primeiro porque não existe um sinal cabalístico na testa de nossa suposta alma gêmea que garanta com toda certeza que ela é ela, segundo porque nossa vida e nossos dilemas não desaparecem só porque temos alguém que amamos ao nosso lado. Assim, corremos o risco de ficar a vida inteira procurando e nos frustrando, pois muita gente confunde alma gêmea com alma perfeita, sem perceber que, ora, se ela é nossa cópia, como poderíamos nós, imperfeitos, ter uma alma gêmea linda e maravilhosa?

Por tudo isso, penso que seja mais coerente pensarmos que existem pessoas no mundo no mesmo nível de evolução que nós e que, por algum motivo, são compatíveis fisicamente, emocionalmente e espiritualmente conosco. Por uma lei de atração, nós as puxamos para perto e nos apaixonamos por elas e vice-versa. Logo, a pessoa que amamos hoje e com quem mais combinamos, é nossa alma gêmea, mas, se um dia, um dos dois avançar mais rápido, intelectualmente e moralmente, esta ligação se rompe. O amor poderá persistir, de forma fraternal, mas a união romântica não. É nesta hora que outra alma gêmea nos aparece e o ciclo recomeça.

Por: Vanessa Mazza Taróloga
Site: vanessamazza.com.br
Blog: www.taronline.wordpress.com
MSN: vanne_mazza@yahoo.com.br
Skype: vanessamazzatarot

 

Foto: GettyImages/Ilustrativa

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*