Exposição “Rompendo Fronteiras” é apresentada no Lab das Artes em Franca

Aparecida do Norte 09.10.2010

Vera Ferro, artista plástica – (Foto: Reprodução/Divulgação)

O Laboratório das Artes apresenta a partir de sábado, 3 de março (até o dia 4 de maio) a mostra “Rompendo Fronteiras”, que reúne 23 trabalhos em guache sobre fotografia da artista Vera Ferro. Nascida no Rio de Janeiro em 1947, Vera viveu em São Paulo e desde 1989 reside em Campinas/SP. Sua paixão por arte começou na infância e desde cedo direcionou seus estudos e sua trajetória para as artes visuais. Estudou na Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP e freqüentou o Atelier de Gravura do Museu de Arte Moderna de São Paulo.(MAM). Trabalha em muitas técnicas diferentes, utilizando vários materiais. Iniciou-se com aquarela, trabalhou com gravura em metal e gravura contemporânea, experimentando matrizes em diversos materiais. Gosta de combinar técnicas, como, pintura , fotografia , desenho e colagens usando mapas e livros antigos. Desde 2007 fotografa, apaixonada por imagens e buscando experiências híbridas com outras áreas da arte. Vera não tem medo de experimentar novos caminhos. É movida pela curiosidade e a busca de surpreender-se, brincando com novos materiais, temas e formas. Passeou por vários temas em sua jornada: figurativos, geometrias poéticas. Trabalha e orienta artistas em seu atelier desde 1987. Participou de exposições individuais e coletivas, salões de arte, onde recebeu vários prêmios, possui obras em acervos de museus e de colecionadores particulares no Brasil e no exterior. Na própria vida e em suas experiencias diárias ela encontra a fonte do seu trabalho, sempre evoluindo e transformando a si mesma.

A autora descreve assim suas inquietações para produzir seu trabalho: “Como contar de uma maneira poética, a crua realidade da fuga, da esperança de sobrevivência e do sonho de uma vida nova em paz? Deslocamentos, fronteiras, barreiras, cercas. Gente como a gente num caminhar incessante pelo mundo em busca de um lugar para viver, fugindo aos horrores da guerra. O que carregar? O que levar numa pequena mochila? Para onde vamos? Andanças infinitas. Insegurança. Medo. Esperança. Cada pessoa carrega um universo dentro de si. Da Síria, Afeganistão, Paquistão, Sudão, Somália, Mianmar, lá vai essa gente em marcha para um amanhã desconhecido… Nada será como antes. Continuamos em busca da igualdade, fraternidade e liberdade. Meus trabalhos voam pela nuvem, espalham minhas inquietudes, meus pensamentos e sentimentos pelo mundo afora. A Arte é a minha arma, uma forma de artivismo”.

Abertura: 03 de março, sábado, 20 horas
A exposição irá até o dia 04 de maio.
Laboratório das Artes: rua Cuba, 1099 – Jardim Consolação – telefone (16) 3722-5004 – www.laboratoriodasartes.com.br

www.facebook/lab das artes

Horário de visitas: segunda a sexta, das 10h às 12h e das 14 às 17h.
Acesso gratuito!
Visitas monitoradas devem ser previamente agendadas

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*