Fussol busca subsídios para levar artesãos em feiras no Sul

espaco-moda-franca

Uma comitiva de Franca, envolvendo equipes do Fundo Social de Solidariedade, secretaria de Desenvolvimento e Sindifranca, participará este mês em Gramado, no Rio Grande do Sul, da Feira Zero Grau, de Calçados, Couros e Acessórios. Um dos objetivos é conhecê-la melhor, levantar informações e viabilizar contatos para abrir oportunidades também aos artesãos.  Eles já participam com frequência da Francal e Couromoda, que são realizadas anualmente, dentro do Espaço Moda Franca.

É de ser ressaltado que nessa mostra de Gramado, já existe também uma participação de empresas de pequeno e médio porte de Franca, por duas edições, contando com subsídios do município e entidades representativas. A pretensão nessa viagem é alinhavar entendimentos com os organizadores e acertar a participação para o ano que vem, para os profissionais artesãos que desenvolvem trabalhos integrados com o Fundo Social de Solidariedade e secretaria de Desenvolvimento/Sala do Empreendedor, como a Feira Franca Feito a Mão e o projeto Rede Couro e Arte do Lixo ao Luxo, em que produzem bolsas, carteiras, enfeites e uma infinidade de peças manuais.

Maior visibilidade

A Feira Zero Grau está prevista para ocorrer no período de 21 a 23, deste mês, com a participação de fabricantes e expositores de todo o País. Na avaliação dos representantes da Prefeitura de Franca, notadamente a Divisão de Indústria e Comércio, é válido e saudável a inclusão dos estandes do Fussol e da Incubadora de Empresas de Franca no projeto do Espaço Moda Franca nas duas feiras de Gramado, assim como acontece nas feiras de São Paulo. Isso vai fortalecer o envolvimento e participação da Prefeitura junto aos organizadores da Feira, propondo ampliação da área a ser disponibilizada para o projeto nas próximas edições, bem como boa localização para que o Espaço Moda Franca continue a dar ótimos resultados aos empresários e empreendedores participantes, com muito mais visibilidade.

Embora não haja possibilidades para inclusão dos estandes na edição deste ano, o importante é sedimentar espaço para o próximo, pois seria de grande valia a presença de todos os interessados neste projeto para que nos próximos eventos seja concretizado plenamente. Nesta visita, com certeza, a equipe técnica estará avaliando custos, efetividade de venda e público alvo presente, podendo propor a ampliação de área para o projeto bem como sua localização para melhor atender o Espaço Moda Franca como já é conhecido nas feiras realizadas na capital de São Paulo.

Moda Franca

O projeto “Espaço Moda Franca” existe desde 2008, no qual a secretaria de Desenvolvimento gerencia e proporciona acesso a novos mercados a Micro e Pequenas Empresas do setor industrial coureiro calçadista da cidade, gerando oportunidades de novos negócios, trazendo vendas e mantendo a geração de postos de trabalho no setor, fortalecendo a economia local como um todo. Além deste objetivo principal, no qual beneficia em torno de 30 empresários por evento, incluí neste espaço coletivo um estande institucional e comercial para o Fussol e outro institucional da Incubadora de Empresa, fortalecendo os artesões em couro e incubados da cidade junto ao programa, o qual funciona com ótimos resultados desde 2009.

O que está sendo buscado com essa ida a Gramado, é ampliar para outros Estados e públicos esses produtos também dos artesãos, cujos benefícios levaram o prefeito Alexandre Ferreira a estabelecer a ampliação do programa, por meio da Lei n° 8.328, novembro do ano passado.

Na mencionada Lei, além das participações nas feiras Francal e Couromoda realizadas em São Paulo, o projeto poderá beneficiar empresários em participações em outras feiras do setor em todo o Brasil, desde que seja comprovada a efetividade de resultado em negócios de feiras em destaque no setor. Nesse contexto foram aprovados projetos para criação do Espaço Moda Franca nas feiras SICC (Salão Internacional de Couro e Calçados) e Zero Grau, ambas realizadas em Gramado-RS. A edição da SICC está prevista para maio de 2017 e dependendo dos resultados dessa viagem, poderá marcar a estreia dos artesãos nesse novo ambiente de negócios.

 

Foto: Divulgação

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*