O que ser elegante? Por Claudia Matarazzo

Foto: Divulgação/Ilustrativa

Se você deseja mais elegância em sua vida, veja como as pessoas pessoas elegantes lidam como determinados aspectos do dia a dia e tente incorporar aqueles com os quais você mais se identifica. Não existe uma fórmula certa para se tornar elegante mas, isso certamente pode te ajudar a aumentar sua alegria, produtividade e sucesso, claro.

Redes sociais – se você gasta grande parte do seu dia nas mídias sociais, pense em como você pode usar melhor o seu tempo. Limite-o agendando – e respeitando a agenda – para usar mídias sociais em geral.

Sem obsessão – não importa o que os outros estão fazendo. Concentre-se em criar e  desfrutar e suas coisas. A maioria das pessoas fica obcecada com as ações dos outros porque tem medo de perder OU por inveja. Não caia nessa!

Cuide somente da sua vida – o foco está em aparecer como a melhor versão de si mesmo – e isso ajuda a melhorar no dia a dia – permitindo que as pessoas sejam quem são.

Não controle tudo – olhe apenas para aquilo no  que tem controle e concentre sua atenção lá. Além disso, a maioria das coisas com que nos preocupamos nunca acontecem.

Passado é passado – e não define ninguém. Aprenda e cresça com suas experiências – isso sim ajuda a definir o que faz agora e o que não quer para sua vida.

Sem ostentação – não superestime as roupas de grife pois o rótulo não te define; mas a forma como você se faz  sua presença, sim.

Diga não – sem medo! Concentre-se nas poucas coisas que elevarão a sua  qualidade de sua vida.

Espaço para respirar edite sua vida – faça limpezas, arrume, reveja tanto conceitos quanto ideias – e deixe de lado as coisas que não se encaixam.

Disciplina no dia a dia – cria um plano para o dia. Influências externas não a afastam do que ela declarou importante para sua vida. Claro, há exceções, como crianças doentes ou emergências, mas ela sabe que poucas coisas superam o que ela considera importante.

Sem perfeição – a verdadeira elegância é uma pessoa que abraça todas as partes de si mesma – o bom, o mau e o feio. Abrace seus lados escuros e falhas e entenda-os. Aceite todas as suas partes  e ficará mais tão confortável  sentindo-se em bem tanto em casa  quanto no mundo.

Gratidão e apreciação – um coração agradecido torna  melhor a  vida e  atrai o melhor – tanto de pessoas quanto acontecimentos!

Será que ficou mais fácil entender a essência dessa qualidade tão delicada – cada vez mais rara? Bora tentar?

por Claudia Matarazzo – jornalista & Escritora

Jornalista e Especialista em etiqueta e comportamento. Viaja por todo o Brasil, ministrando palestras e workshops na área do comportamento. Autora de 18 livros sobre comportamento, moda e inclusão social, ganhou o Premio Abril de Jornalismo.

Fonte/Crédito: http://www.claudiamatarazzo.com.br
Fotos: Ilustrativas/Divulgação

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*