Primavera pede cuidados com a saúde e mudanças no estilo de vida

Especialistas do Senac orientam sobre exercícios, alimentação e beleza na nova estação, além de dar dicas para renovar o armário com consumo consciente – (Foto: Reprodução/Ilustrativa)

Em 23 de setembro, tem início a estação das flores, das altas temperaturas e de cores vibrantes, a primavera. Uma época convidativa para renovar o guarda-roupa com peças mais frescas e leves, criar uma rotina ainda mais saudável e praticar atividades ao ar livre. Por outro lado, o período requer cuidados no dia a dia, pelo aumento da incidência de sol e calor, o que implica em maior atenção com a pele.

Para auxiliar nessa tarefa de aproveitar ao máximo os benefícios da primavera e proporcionar uma mudança de hábito adequada à estação, especialistas do Senac São Paulo prepararam algumas dicas. Confira:

Aproveite para colocar a alimentação e os exercícios em dia

As mudanças climáticas podem refletir tanto na saúde do corpo quanto no ânimo e desempenho da rotina. “Um estudo realizado por especialistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, revela que as diferentes estações do ano podem provocar alterações no organismo, principalmente no sistema imunológico. Por isso, é preciso adaptar as atividades físicas e a alimentação de acordo com o período, para conquistar o melhor rendimento”, explica Shelly Cetroni, docente da área de nutrição do Senac Jaboticabal.

Ainda segundo a especialista, é indicado priorizar alimentos in natura e consumir opções variadas, para garantir a ingestão de diversos nutrientes. Em relação ao carboidrato, a orientação é dar preferência aos complexos, que são aqueles absorvidos lentamente, ocasionando aumento pequeno e gradual da glicemia e que ajuda na sensação de saciedade. Alguns exemplos são: batata doce, aveia, vegetais, amendoim, iogurte e frutas em geral.

Sobre as proteínas, Shelly diz que o ideal é consumir carnes magras ou fontes vegetais, como lentilha e grão de bico. Além da alimentação e a prática diária de exercícios, a docente reforça que o fortalecimento da condição do organismo também está diretamente ligado ao estresse psicológico e físico, portanto, “ter um tempo para relaxar é fundamental”.

Mantenha pele e cabelo hidratados

Após as baixas temperaturas, é hora de recuperar o ressecamento e trazer vivacidade à pele, preparando-a para o calor e maior exposição à luz do sol. “A proteção contra os raios UV evita o envelhecimento e o aparecimento de manchas. É fundamental o uso do filtro solar com FPS compatível para cada tipo de pele (seca, oleosa e mista) e, com orientação de um especialista, o cuidado pode ser acrescido de produtos multifuncionais, como ácido hialurônico e vitamina C”, orienta Jéssica Castellane, docente da área de saúde e bem-estar do Senac Franca.

Para quem tem pele oleosa, por exemplo, os tratamentos ajudam a evitar ou reduzir o aparecimento de acne, já que a alta temperatura aumenta a oleosidade da cútis. “Usar sabonetes e loções adstringentes, bem como evitar cosméticos não comedogênicos, são ações que amenizam as chances de desencadear esses processos inflamatórios na pele”, afirma Jéssica.

Já quando o assunto é cabelo, a docente pontua que a primavera é um período comum de uso de rabos de cavalo e banhos de piscinas e mar, situações que podem provocar queda, ressecamento e quebra dos fios. “Nesses casos, o indicado é usar produtos com proteção solar, além de molhar os fios no chuveiro antes e depois de entrar na piscina ou no mar, para evitar o acumulo de impurezas.”

Outros pontos de atenção para conseguir fios brilhosos e saudáveis estão na alimentação, ingerindo nutrientes como ferro e vitaminas A e C, e em noites bem dormidas, pois a melatonina, hormônio produzido durante o sono, é um grande aliado ao ciclo de formação do cabelo.

Aposte em looks leves e frescos

Para encarar os próximos meses, nos quais predominam temperaturas elevadas, é preciso revigorar o guarda-roupas e apostar em peças frescas. Bruna Araújo, docente de moda do Senac Ribeirão Preto, afirma que nesse processo de renovação, a ideia é, inclusive, reaproveitar peças do inverno para reduzir o consumo ao que de fato é necessário. “Ter um armário cápsula, conceito da moda que se refere a um guarda-roupas minimalista, compacto, versátil e que combine com seu corpo e estilo de vida, seria o ideal, pois permite o aproveitamento de peças básicas em diversas estações”, explica a especialista.

Ter no armário roupas “coringas”, que atendem a diversas ocasiões de uso, é a questão-chave, conforme destaca Bruna: “Jeans, camisa de manga longa, saia longa, blusas de malha de manga longa e vestidos são exemplos de peças que permitem a reconstrução de look criativo o ano todo”. Na primavera, optar por tecidos leves e tons pastel para intercalar com cores vibrantes é uma boa aposta. O uso de acessórios também ajuda. “É possível fazer lindos acessórios com retalhos de tecido, como colares e pulseiras, além de laços ou peças para o cabelo. É a criatividade e o conforto que ditam a moda”.

A customização também ganha cada vez mais força no universo fashion por ser aliada ao consumo consciente. “A saia longa pode se transformar em um lindo conjunto de cropped e saia curta. Uma camisa com defeito ou gasta pode ganhar uma nova versão com o acréscimo de detalhes, como apliques, ou com outros recortes”, exemplifica a docente.

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*