Secretário de Saúde pede ajuda a população para conter pandemia em Franca: DENUNCIE!

José Conrado Dias Netto, secretário municipal de Saúde e coordenador do Comitê de Enfrentamento da pandemia na cidade – (Foto: Divulgação)

Os mais recentes números tornados públicos pela Vigilância Epidemiológica de Franca, registrando em apenas um dia 39 casos positivos de Covid-19, deixaram o secretário municipal de Saúde e coordenador do Comitê de Enfrentamento da pandemia na cidade em estado de alerta. E com mais preocupações sobre o amanhã, se não houver a conscientização e ajuda da população. José Conrado Netto explicou que a Prefeitura não está medindo esforços com ações de orientação em todos os níveis, adotando as medidas preventivas em seus ambientes, equipando seus colaboradores e oferecendo oportunidade para que setor produtivo mesmo com limitações de presença de público desenvolva as atividades.

No entanto para quem circula pela cidade, tanto durante o dia como a noite, depara com muita indiferença das pessoas, falta de cuidados e aglomerações que devem ser evitadas a qualquer custo. A orientação é ficar em casa o quanto puder e quando alguém precisar sair, que saia apenas um, de preferência o mais jovem, usando sempre a máscara de proteção e fazendo a higiene recomendada para todas as situações.

Junto com o elevado número de registros positivos apontados no último Boletim, elevando para 427 casos em Franca, o outro olhar da administração é com o crescimento das internações, onde o limite de leitos ocupados saltou para 31%. E no quadro estatístico sobre taxa da ocupação dos leitos para Covid na cidade, a preocupação ainda é maior, atingindo a faixa de 64% para os atendimentos não SUS e 59% para pacientes SUS.

Mudança de faixa

Junto com esse temor pelo agravamento do número de internações, novos óbitos (até essa sexta-feira Franca  estava com 10), o surgimento em larga escala de novos casos pode levar a falta de leitos no sistema público. O  secretário da Saúde disse que o foco da Prefeitura é melhorar sua posição no ‘Plano São Paulo’, onde a cidade está classificada na faixa vermelha. Isso impede a liberação de diversas atividades e a Prefeitura não quer isso, pois entende o quanto esse quadro prejudica o empregador quanto ao empregado, gerando desconforto e necessidades.

Mas para reverter isso junto com os esforços da Administração Municipal, das autoridades sanitárias é preciso que a população se conscientize e também faça a sua parte, eleve a taxa de distanciamento (ficando em casa) e usando máscara em todo momento que sair. Para entrar em repartições públicas e estabelecimentos em geral essa norma é obrigatória e a fiscalização sanitária dentro das suas possiblidades está agindo e orientando as pessoas.

Casos de aglomerações, festas, jogos de futebol e outros eventos que forem observados durante estes dias devem ser denunciados aos órgãos de segurança, seja a Polícia, através do 190 ou então a Guarda Civil, 2724-1033, que as medidas cabíveis serão adotadas contra os responsáveis.

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*