Etiqueta! Novas dicas para convidados – por Claudia Matarazzo

Responda prontamente

Se alguém te convidar para jantar, aceite ou recuse o mais rápido possível. Em hipótese nenhuma pergunte ao anfitrião sobre quem mais é convidado.

Pontualidade sim!

Quando alguém diz para você chegar às 19h30, a última coisa que esperam é que você chegue antes. Beleza. Chegue alguns minutos depois, Mas apenas alguns minutos – pois pode ter havido algum contratempo do anfitrião, nos últimos detalhes. Atrasar mais de 15, digamos 20 minutos começa a ser indelicado mesmo.

O que servir?

Cozinhar para as pessoas pode ser estressante. Mas não para você. Faça cara boa e divirta-se de verdade pois, como anfitrião, seu mau humor dará o tom. Dica: se você não sabe fazer tal tipo de comida, este não é o momento de tentar também. Não seja ambicioso ou vaidoso: nesse caso, comida é quase imaterial, um mero quadro de interação social.

Presentes do convidado

Flores em um enorme buquê? Vinho que precisa ser decantado? Uma sobremesa que precisa ser descongelada? Não sobrecarregue seu anfitrião com trabalho extra.

Bebidas

Traga bebida. Traga mais bebida do que você precisa. Não chegue com um vinho e decida, por capricho, beber a coleção de cervejas artesanais do anfitrião. A menos que ele ofereça.

Ajuda na cozinha

Você conhece pessoas que param na cozinha, tagarelando, sem se tocar do fato de que você as moveu 20 vezes de lugar para chegar ao forno ou à geladeira? Não os convide no próximo ano. Da mesma forma, as pessoas que se oferecem para dar uma mão e, em seguida, apenas se afastam…  “Posso ajudar?” Sim, saia da cozinha.

Restrições Alimentares

Até onde um anfitrião deve ir para acomodar suas necessidades dietéticas gratuitas é uma coisa muito relativa. A intimidade importa aqui, assim como a gravidade e a complexidade dessas necessidades alimentares. Quando falamos de alergias alimentares e condições de diagnóstico médico, o convidado pode oferecer-se para trazer a sua própria comida. Aí,  longe de ser visto como arrogante, é considerado atencioso.  E, especialmente quando não conhece bem o anfitrião, trata-se de  uma precaução sensata.

Celulares e Redes Sociais

Celulares não deveriam liberados na mesa. Mas se todos estiverem usando e não conseguir desapegar, apenas cuidado para não tirar muitas fotos e esquecer de conversar ou comer. E pergunte sempre se pode postar as tais fotos para o anfitrião e outros convidados.

Hora de ir

Normalmente, se um convite for para as 2 da tarde de um domingo, o anfitrião espera ter a sua casa de volta às 20:00hs. Uma reunião no meio da semana não terminará cedo. No sábado à noite, não tem hora, mas se o seu anfitrião estiver banhando as crianças, arrumando a cozinha ou dormindo no sofá… já sabe!


por Claudia Matarazzo – Jornalista & Escritora

Especialista em etiqueta e comportamento. Trabalhou por anos na Editora Abril recebendo o Prêmio Abril de Jornalismo. De lá, migrou pra a televisão onde apresentou por anos, em várias emissoras, programas de Variedades, Moda e Entretenimento.

Fonte/Crédito: http://www.claudiamatarazzo.com.br

Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe um comentário

*